- Reajuste de escola particular pode chegar a 8%, diz Sieeesp.

- Reforma deve aprofundar fosso salarial de não sindicalizado.

E outros assuntos:

Reajuste de escola particular pode chegar a 8%, diz Sieeesp

(Estado de S.Paulo; 11/09)

http://bit.ly/2xVzT2t

 O reajuste nos contratos para os alunos da rede particular de ensino deve oscilar entre 4% e 8% em 2018, segundo previsão do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino do Estado de São Paulo (Sieeesp). Na média, o aumento pode ficar um pouco acima da meta de inflação do governo para este ano, de 4,5%.

 Ensino básico atrai faculdades, fundos e até jogador de futebol

(Valor Econômico; 11/09)

http://bit.ly/2gVwTQI

Após o processo de consolidação das faculdades, as escolas de ensino básico - da alfabetização até as portas da faculdade - são consideradas a bola da vez no setor de educação.

 MEC divulga dados parciais do Censo Escolar da Educação Básica 2017

(Agência Brasil; 08/09)

http://bit.ly/2vSyI7E

Os resultados preliminares do Censo Escolar da Educação Básica deste ano foram divulgados hoje (8) pelo Diário Oficial da União, que publicou a portaria 1.069 do Ministério da Educação (MEC), assinada pelo ministro Mendonça Filho.

Escolas se antecipam à reforma do ensino médio e customizam formação (Folha de S.Paulo; 10/09)

http://bit.ly/2xVx55N

Um dos pontos principais da reforma do ensino médio, proposta via medida provisória em setembro de 2016 e sancionada pelo presidente Michel Temer em fevereiro, exige que ao menos 40% da carga horária total deste ciclo seja preenchida por disciplinas de interesse do aluno.

 Reforma do ensino médio pode requalificar formação profissional

(Folha de S.Paulo; 10/09) http://bit.ly/2xV85eQ

Apenas cerca de 8% dos alunos do ensino médio no Brasil pertencem ao nível técnico, segundo tabulação de dados do Censo da Educação Básica feita pelo Movimento Todos Pela Educação. É um número muito baixo quando comparado à situação de países europeus, por exemplo.

 Reforma deve aprofundar fosso salarial de não sindicalizado

(Valor Econômico; 11/09)

http://bit.ly/2gY8q9y

As novas regras trabalhistas devem aprofundar a diferença salarial entre trabalhadores sindicalizados e não sindicalizados, na visão do pesquisador do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) André Gambier Campos

Ausência de protestos no Sete de Setembro fez com que Temer e aliados dessem por sepultadas as pressões pela criação de uma alternativa ao imposto sindical

(Folha de S.Paulo; 11/09)

http://bit.ly/2wSgFy3

Pelo bolso A ausência de protestos no Sete de Setembro fez com que Temer e aliados dessem por sepultadas as pressões pela criação de uma alternativa ao imposto sindical. Eles acham que as entidades estão sem verbas para levar manifestantes a atos.

Sindicatos tentam evitar que reforma tire benefícios negociados em acordo (Folha de S.Paulo; 11/09)

http://bit.ly/2xfQd1a

Sindicatos de trabalhadores tentam, em negociações recentes, evitar que benefícios estipulados em acordos sejam eliminados com a implementação da reforma trabalhista e da lei de terceirização, aprovadas neste ano.

Reforma trabalhista traz oportunidades para sindicatos

(Revista Exame; 11/09)

http://abr.ai/2gYuzbp

Apesar de criticada pela maioria das entidades sindicais, a reforma trabalhista é vista por alguns como uma oportunidade de fortalecimento dos sindicatos

Cresce nº de universidades brasileiras que acolhem refugiados

(Estado de S.Paulo; 11/09)

http://bit.ly/2gXleAV

Relatório internacional da ONU obtido pelo 'Estado' será divulgado nesta segunda-feira e mostra situação dramático na formação de refugiados; só 1% acessa ensino superior

 Aluna surda defende 1ª dissertação de mestrado traduzida em Libras na USP em Ribeirão

(Portal G1; 10/09)

https://glo.bo/2wkQcF2

Natália Francisca Frazão recebeu título de mestre ao passar por banca com pesquisa sobre educação. Administradora faz planos para seguir carreira acadêmica e chegar ao doutorado.

 A variação nas notas do Enade 2016 das faculdades brasileiras

(Jornal Nexo; 06/09)

http://bit.ly/2xr8bP3

Decisão sobre Fundef só deve ter impacto a partir de 2019

(Valor Econômico; 08/09)

http://bit.ly/2xftG4w

O Ministério da Fazenda ainda não avaliou o impacto para os cofres públicos da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que determinou que o governo federal recalcule os repasses do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino (Fundef) feitos pela União aos Estados da Bahia, Amazonas, Sergipe e Rio Grande do Norte no período de 1998 a 2007

Árvore: o ‘Netflix’ literário da escola

(Carta Capital; 05/09)

http://bit.ly/2xqS7wX

Se promover a disseminação da cultura leitora é um desafio antigo no Brasil, imagine na escola onde muitas vezes os estudantes acabam por adotar uma postura de resistência em relação aos livros exatamente porque muitas vezes a leitura se apresenta como algo imposto. Além disso, a própria possiblidade de se ter em mãos de forma facilitada as obras que deseja é algo ainda bastante distante, tendo em vista que a maioria das escolas não tem bibliotecas.


Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar