Greve Geral avança na defesa dos direitos!

Patrões em desespero.

A publicação de uma nota do Presidente do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino do Estado de São Paulo (Sieeesp) é uma afronta aos professores (as) e trabalhadores de todas as categorias  que exercem seu legítimo direito de Greve em defesa dos direitos trabalhistas e da aposentadoria conquistados em uma história de lutas.

Esclarecemos que “arcaica” é a mentalidade patronal que busca precarizar, desqualificar e rebaixar o valor do trabalho dos docentes.

A Greve Geral avança em todos os setores e categorias.

Os patrões querem revogar os direitos para jogar os trabalhadores na vala comum, voltando as condições anteriores à CLT.

A defesa da democracia ganha seu conteúdo na defesa dos direitos sociais e trabalhistas ameaçados pelo Governo Federal, pelo Congresso Nacional e a maioria do Judiciário.

Repudiamos essa manifestação retrógrada, cujo conteúdo sem dúvida, visa confundir e manipular os trabalhadores docentes da rede privada de ensino.

Reafirmamos nossa posição de NENHUM DIREITO A MENOS e a disposição de resistência.

Todos os professores e professoras têm o direito de greve assegurado em lei e podem exerce-lo com todo amparo sindical e legal do SINPRO ABC

Sindicato dos Professores do ABC


Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Mais Lidas