Ministro ilegítimo afirma que governo tem “intenção clara” de privatizar estatais aptas

O ministro ilegítimo da Fazenda, Henrique Meirelles, avisou um grupo de parlamentares que almoçava com ele, nesta quinta-feira (11), que há “intenção clara” de iniciar um processo de privatização no Brasil.

“É muito importante que não se fique com estatais apenas para tê-las dentro do Estado. Devemos esperar alguns meses, mas existe a intenção clara de privatizar”, afirmou o ministro durante o almoço.

Segundo o jornal Folha de S. Paulo, o ministro informou aos parlamentares que o processo de privatização das empresas poderia render cerca de R$ 20 bilhões aos cofres públicos. Em junho, Temer já havia pedido à sua equipe que levantasse tudo que pudesse ser privatizado em suas respectivas pastas.


Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Mais Lidas