Política educacional de Bolsonaro: destruição final

O filósofo, professor e escritor Paulo Chiraldelli faz uma avaliação pontuada e negativa das propostas para a educação do candidato à presidência da república pelo PSL, Jair Bolsonaro.

Doutor e mestre em filosofia pela USP e pós-doutor em medicina social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, Chiraldelli é autor de 11 livros acadêmicos, entre eles, O que é Pedagogia, Filosofia na Educação, As lições de Paulo Freire e Sócrates, pensador e educador.

Nos apontamentos estão quatro reflexões sobre o plano de governo de Bolsonaro para a Educação. São eles: o pobre não tem direito à universidade; não desenvolver o censo crítico na juventude; tirar a influência de Paulo Freire na pedagogia e ministrar Ensino a Distância, para as crianças e jovens.

Paulo Chiraldelli se diz muito preocupado com o que poderá acontecer com o Brasil, de modo particular com a educação.

VALE A PENA CONFEIR!!!

ASSITA: https://www.youtube.com/watch?v=QlIaoJJgh2k&feature=youtu.be


Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar